RSSFacebookTwitter YouTubeInstagramPinterest





Montando um abrigo improvisado para o camping

Em muitas situações é possível montar um abrigo improvisado e assim reduzir o volume de material transportado na mochila. Normalmente os abrigos mais comuns vistos no trekking são feitos com cordeletes, lonas, ponchos e/ou bastões de caminhada. Porém é possível improvisar uma versão bem interessante usando varetas antigas de alguma barraca, uma lona ou um footprint para forrar o chão e um poncho ou outra lona para fazer a cobertura. A estrutura seria similar a de uma barraca, porém mais simples e menos volumosa.

A ideia apresentada aqui pode ser usada em diversas situações, porém deve ser evitada em locais de muito vento (a menos que você crie uma fixação melhor para o “teto” do abrigo. Bem como não será válida em locais de frio extremo. Contudo é uma solução válida para travessias de litoral e campo em estações do ano ou locais com temperaturas mais amenas. Vale citar que isso é uma das possibilidades de abrigo, existem outras usando somente lona e cordeletes que são ainda mais simples. Outra desvantagem dessa ideia é que ela não oferece proteção contra mosquitos…

A estrutura para montagem deste abrigo improvisado é comum em algumas barracas importadas (como na Limelight e na Earlylight, ambas da Marmot). Com ela o usuário pode dispensar o quarto da barraca (parte interna) e levar somente o footprint, varetas e o sobreteto – o que já reduz o peso e o volume na mochila. Inclusive esse é um dos métodos para montagem de barracas debaixo de chuva – quando a barraca oferece este recurso, é claro. Veja um vídeo que vai ilustrar isso bem melhor caso você não tenha entendido. Ou se quiser ver o vídeo depois confira a imagem abaixo.

abrigo com o sobreteto e footprint

Note que a parte interna da barraca não está montada na foto. Aqui aparece somente o footprint (lona servindo de piso), varetas e o sobreteto.

Pois é, com um pouco de engenhosidade essa estrutura pode ser feita de forma alternativa, usando varetas de uma barraca antiga, uma lona e um poncho ou mesmo um sobreteto de barraca compatível. A dica é: quanto mais curtas forem as varetas, menos volumoso e mais leve será o seu abrigo – e também mais baixo – o que não é tão desvantajoso assim, já que um perfil mais baixo se comporta melhor em situações de vento.

A coisa toda fica simples quando já temos o footprint – a lona para piso padronizada de fábrica que acompanha algumas barracas. Entretanto é possível construir rapidamente um footprint usando aquelas lonas azuis de carro, alguns ilhoses e pedaços de fitas (das que existem nas alças de mochila). Basta fazer uma base retangular, algo em torno de 1,90m de comprimento por 1 metro de largura – ou do tamanho que você preferir. Observe as ilustrações abaixo e você entenderá melhor essa estrutura base:

Montagem da estrutura do abrigo

Estrutura do abrigo com varetas e footprint

Algumas dicas podem lhe ajudar a montar um footprint melhor, basta seguir as orientações da imagem abaixo para fazer um acabamento e uma estrutura de encaixe das varetas e fixação mais funcionais.

Fazendo a lona da base do abrigo

Detalhes para o acabamento do footprint

Para a cobertura você pode usar algum poncho ou mesmo o sobreteto de alguma barraca velha e que ainda esteja em boas condições. Prenda elásticos grossos na aponta da lona usada no teto e fixe eles aos espeques que passarão por dentro do ilhós da fita preta que aparece na ilustração anterior. Assim todo o conjunto ficará bem fixo, similar ao que acontece na montagem de alguns modelos de barracas.

Essa ideia veio de um vídeo que eu encontrei no YouTube e que vou deixar aqui também. Nele a montagem do abrigo é feita com uma estrutura similar, porém usando um poncho e varetas bem curtas, o que resulta em um abrigo bem mais baixo, uma boa opção para bivaks. Assista e monte o seu projeto de abrigo improvisado!


Leia também

Não esqueça de nada!

Organizar os equipamentos antes de uma viagem é uma atividade que causa dores de cabeça para algumas pessoas, principalmente aquelas

Como escolher equipamentos de camping e trilha

Se eu perguntasse para você qual modelo de monitor você compraria atualmente, um LCD/LED ou um monitor de tubo (CRT,

Equipamentos para trekking e hiking

Estava vendo uns vídeos no Youtube e veio a vontade de escrever este artigo. Uma das coisas que eu mais

Mario Nery

Mario Nery

Trekker, montanhista e mochileiro, pratica esportes outdoor desde 1990. Apaixonado por equipamentos, fotografia, cerveja e tecnologia. Formado em TI, atualmente trabalha na área mídias sociais/marketing digital. Siga o Trekking Brasil no Twitter: @trekking


Sem comentários

Deixe sua opinião
Opa! Sem comentários ainda!Seja o primeiro a comentar este artigo!

Deixe a sua opinião

Seu endereço de email não será publicado aqui.
Os campos marcados são obrigatórios*