RSSFacebookTwitter YouTubeInstagramPinterest


Parque Nacional do Caparaó – Parte 4

Os últimos dias no parque estavam me deixando chateado. Nenhum problema, apenas a sensação de que estava acabando incomodava. O Caparaó é um local maravilhoso e quando as pessoas que estão com você ajudam os momentos lá se tornam incríveis.

Review Mochila Crampon 20 Trilhas e Rumos

Mochilas! Tema que eu adoro, tenho praticamente uma para cada tipo de coisa que eu possa vir a ter que fazer, desde bike e corridas de aventura até mochilões e ataques de cumes em alta montanha. A mochila é um

Parque Nacional do Caparaó – Parte 3

Vencidos os principais picos do parque no dia anterior nós resolvemos deixar esta quarta-feira para relaxar um pouco com uma trilha suave até o Vale Encantado. Como eu disse no primeiro texto desta série, o Vale Encantado fica ao lado

Parque Nacional do Caparaó – Parte 2

Segundo dia no Caparaó, uma terça-feira, acordamos por volta das 02:00 da manhã e às 02:30 estávamos do lado de fora do abrigo com nossas mochilas de ataque, headlamps, gps e rádios de comunicação e afins, para começarmos o ataque

Parque Nacional do Caparaó – Parte 1

Eu estava na internet olhando os meus emails quando a Carol Emboava me convidou para uma viagem no meio da semana para o Parque Nacional do Caparaó. Como eu estava precisando de umas mini-férias aceitei o convite de primeira e

Barraca Vênus para 3 pessoas – Guepardo

Mas uma vez venho falar de um produto Guepardo. Dessa vez é a Barraca Vênus para 3 pessoas. Dados técnicos: – Barraca em poliéster 190T High Quality; – Capacidade: 3 pessoas; – Sobreteto com ventilação lateral; – Duas entradas; – Entrada

Próxima parada: Serra do Caparaó

Há algum tempo eu recebi pelo twitter um convite para me juntar a um grupo de pessoas em um trekking de uma semana pelo Parque Nacional do Caparaó, na divisa entre Minas e Espírito Santo. Um lugar maravilhoso que abriga

Urca – Pão de Açúcar e pista Cláudio Coutinho

A cidade do Rio de Janeiro começou no bairro da Urca. Quando os franceses, comandados por Villeganion, invadiram a baia de Guanabara, Portugal enviou Estacio de Sa para combatê-los e este fundou as bases da Cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro (nome