RSSFacebookTwitter YouTubeInstagramPinterest





Review Mochila Deuter Guide 35+

Product by:
Mario Nery

Reviewed by:
Rating:
4
On 5 junho, 2013
Last modified:14 julho, 2014

Summary:

Avaliação da mochila Deuter Guide 35+, uma semi-cargueira alpina para uso em escalada, trekking ou viagens.

A Guide 35+ é uma mochila alpina da Deuter. Uma mochila com características para uso em montanha, mas que também se adapta em outras situações. Mas afinal de contas o que é uma “mochila alpina”?

O padrão alpino de mochilas é muito usado para ataques em montanha lá fora, subidas rápidas e minimalistas que ganharam o nome de “escalada alpina” ou “escalada em estilo alpino”. Neste caso quanto mais leve e rápido for o deslocamento dos montanhistas melhor. Com isso nasceram uma série de equipamentos técnicos voltados para esta linha, entre eles as mochilas com desenho “alpino”. No geral elas apresentam litragens entre 35 e 80L, são mais estreitas, perdem alguns detalhes (bolsos e afins) e ganham em otimização para este tipo de uso – racks e suportes para material, tecidos mais robustos, desenho mais afinado para não prender em lugar nenhum, etc.

Guide 35+ backpack

Frente e costado da Deuter Guide 35+, uma mochila alpina para uso em montanha.

Na Guide 35+ alguns bolsos bem comuns entre as mochilas nacionais, a capa de chuva e algumas outras facilidades foram deixadas de lado, em contrapartida a mochila ganhou suportes para piolets (piquetas de gelo), alças para o helmet holder (suporte vendido a parte para capacetes), fitas laterais para fixação de skis, fita para prender a corda, barrigueira removível com loops para equipamentos (como nos bouldries) e um tecido mais robusto.

Um dos grandes destaques da Guide 35+ fica por conta do costado Alpine. É um modelo de costado com duas “faixas” verticais acolchoadas e uma armação em alumínio formando um X por dentro da mochila. Ele se mostrou confortável, tendo um ótimo apoio na região lombar e permitindo a ventilação no meio das costas. Isso acontece por causa do desenho do costado, que é mais fundo na parte central das costas, bem como pelo espaço no meio que atua como uma “chaminé” facilitando a evaporação do suor. O costado me agradou muito na respirabilidade e no conforto, não apresentando desconforto mesmo com a mochila cheia.

Costado Alpine mochila Deuter

Na fita peitoral a Deuter incorporou um apito de emergência na fivela plástica, item legal para quem se aventura por aí. Afinal de contas um apito é um dos equipamentos mais simples e eficientes na hora de pedir ajuda já que o som dele se propaga muito bem.

Outro ponto a ser destacado é a barrigueira feita no sistema Vari Flex, um sistema que permite a movimentação desta parte da mochila acompanhando o caminhar do usuário – o que gera mais conforto. Do ponto de vista de quem pensa em usá-la em viagens a barrigueira deixa a desejar pela falta de um bolso – mas lembre-se que a Deuter não desenhou a Guide pensando neste uso. Para o uso em montanha, os loops de equipamentos, o clip e os passadores para prender o excesso da fita da barrigueira e a possibilidade dela ser removida são pontos muito favoráveis.

O “+” no nome deste modelo se deve ao fato de que a litragem é expansível, outro detalhe que me agradou demais na Guide. Ela pode ganhar mais alguns litros de espaço, passando a transportar 42L. Isso se dá graças a tampa telescópica e a uma extensão que permite ao usuário aumentar a capacidade da mochila. Do ponto de vista das viagens esse pode ser um recurso útil. Bem como a abertura lateral que permite um acesso ao interior dela, mesmo não sendo uma abertura completa como existe em outros modelos da Deuter, esse zíper lateral permite acessar de forma mais simples e rápida parte do conteúdo.

Três coisas podem deixar alguns usuários descontentes com este modelo:

1. Ela não tem capa de chuva, e para usar uma capa de chuva ou você terá que adaptar prendedores na pate inferior da mochila ou terá que remover a barrigueira;
2. As fitas laterais não permitem prender itens volumosos demais – como isolantes térmicos de EVA e alguns modelos infláveis;
3. Não existem bolsos laterais – aqueles bolsos em tela que em geral usamos para por garrafas.

Todos esses três itens que “faltam” se devem a finalidade para qual a Guide 35+ foi criada. No meu caso as fitas laterais não incomodam, já que elas me permitem transportar o tripé da câmera fotográfica ou mesmo os meus bastões de caminhada (na frente da mochila existem suportes feitos pros bastões também). Os bolsos laterais também não me preocupam, já que eu uso o espaço interno para o reservatório de água (“streamer”, como a Deuter chama). A capa de chuva faz falta… Por isso mesmo eu adaptei dois prendedores e comprei uma capa de chuva extra para ela. Eu poderia remover a barrigueira e com isso não precisaria adaptar os prendedores, mas eu gosto bastante do conforto que a barrigueira me dá, então…

Na parte da frente os designers da Deuter adicionaram boas funções na Guide 35+. Ela tem suportes para piolets/bastões de caminhada e loops frontais que podem ser usados para prender alguma coisa. No meu caso esses loops servem para prender uma mochila pequena de 20 litros que eu uso como mochila de ataque em algumas viagens, assim eu ganho espaço interno na mochila. Além disso, o sistema que prende os piolets é muito bem desenhado também, mas só será usado mais efetivamente por quem vai com a Guide pro gelo.

A tampa possui dois bolsos – um interno e outro externo – e fivelas para prender objetos no topo da mochila. Outro detalhe da tampa é que ela se projeta para frente, permitindo mais mobilidade para o pescoço do usuário, o que é muito bom quando a mochila está sendo usada em escalada, já que a tampa não atrapalha tanto o movimento de olhar para cima – no início do vídeo abaixo vocês conseguem notar isso.

No interior o único item a mais é o espaço para o reservatório de água com um velcro para prende-lo. Outros detalhes podem ser vistos no vídeo review abaixo:

Avaliação e Nota final – 4.25 (No total de 5 pontos)

Produto: Mochila Deuter Guide 35+
Uso: Montanha, mas se adapta – com algumas restrições – ao uso em viagem também.
Fabricante: Deuter – Alemanha
Site da marca no Brasil: www.deuter.com.br
Peso: 1.6 Kg

Ponto positivos: robusta, expansível, a tampa não atrapalha tanto o movimento da cabeça, feita pensando no uso para montanha (com foco na escalada), apito incorporado na fivela de peito, costado confortável, abertura lateral, suporte para piolets/bastões de caminhada, barrigueira removível e com sistema que se move junto com os quadris do usuário além de racks para equipamentos, loops frontais que permitem acoplar outros itens.

Pontos negativos: Falta uma capa de chuva. Existem outros detalhes que faltam se comparamos ela com outros tipos de mochila, mas isso se deve a finalidade para qual ela foi desenhada. Ela é uma mochila alpina, portanto, itens como bolsos laterais ou aberturas frontais completas acabaram ficando de fora justamente por causa disso.

Perfil de usuário: Basicamente montanhistas, mas ela também se adapta ao uso em trekkings e viagens, dependendo do que o usuário precisará transportar.

Avaliações e Nota Final

Visual★★★★★ 
Acabamento★★★½☆ 
Resistência★★★★★ 
Conforto★★★★★ 
Multiuso★★½☆☆ 
Facilidade de uso★★★★★ 
Nota Geral★★★★¼ 

Comentários e Extras

No quesito “Multiuso” ela perde pontos por um fator óbvio de design que remove algumas características “importantes” da mochila para alguns usuários, tornando-a mais voltada para montanha do que para outras atividades. Já no caso do item “Acabamento” a mochila perde 1,5 por causa da falta de uma capa de chuva – o único item que realmente me desagradou na Guide 35+, porém um item que pode ser adicionado a parte com uma pequena adaptação, como eu mostrei no vídeo.

A Guide 35+ é uma mochila para uso em montanha mas que no meu caso está sendo funcional em algumas viagens também. Se você precisa de uma mochila pra escalada esse é um ótimo modelo, se você quer uma mochila para usar em viagens que seja confortável e que tenha uma boa capacidade de carga ela é uma ótima escolha também, apenas atente para os detalhes que “faltam” – capa de chuva, bolsos na barrigueira, bolsos laterais e fitas de compressão – muita gente vai sentir falta apenas da capa de chuva, para outros os bolsos ou fitas são importantes, então observem as suas necessidades antes de compra-la.

Para comprar a Deuter Guide 35+:


Leia também

Curtlo lança Linha X

Nota do editor: este é um texto de release de lançamento do produto, as informações aqui contidas são de responsabilidade

Bota Snake Andina X-Treme

Ontem, terça-feira (08-11-2011), nós fomos até a Adventura no centro do Rio de Janeiro para cobrirmos o lançamento da bota

Mochila Cargueira Azteq Tribu 75+10

Azteq é uma marca brasileira que já tem 6 anos de mercado, mas que andou sumida por um tempo. Agora

Mario Nery

Mario Nery

Trekker, montanhista e mochileiro, pratica esportes outdoor desde 1990. Apaixonado por equipamentos, fotografia, cerveja e tecnologia. Formado em TI, atualmente trabalha na área mídias sociais/marketing digital. Siga o Trekking Brasil no Twitter: @trekking


Sem comentários

Deixe sua opinião
Opa! Sem comentários ainda!Seja o primeiro a comentar este artigo!

Deixe a sua opinião