RSSFacebookTwitter YouTubeInstagramPinterest





Nuvens e previsão do tempo – Parte 1

Uma das habilidades mais úteis para quem se aventura por muito tempo em regiões remotas é a capacidade de prever o tempo baseado nas nuvens. Conhecer as nuvens ajuda a identificar a chegada de uma tempestade e lhe permite antecipar as suas decisões. Em um ambiente de montanha essa é uma habilidade que pode salvar a sua vida.

Quando estava na Serra do Caparaó observei algumas nuvens durante o pôr do sol, ao ver aquelas formações no céu eu sabia que teríamos chuva dentro de alguns dias, o que veio a acontecer na tarde do dia seguinte. Lá no Caparaó uma chuvinha não nos faria mal, entretanto, durante a temporada de escalada de 1996 no Everest um montanhista resolveu abandonar a escalada relativamente próximo do cume por causa da aproximação de um tipo de nuvem que indicava tempestade. Esse montanhista, que também era piloto de aviões comerciais, tinha visto a aproximação de cumulos nimbus – uma formação de grande volume que está associada a tempestades. Neste mesmo dia um grupo de escaladores foi pego por uma tempestade que acabou culminando com a morte de várias pessoas – esse episódio é considerado até hoje a maior tragédia no Everest.

Conhecer alguns tipos de nuvens e entender qual o significado delas pode lhe ajudar a fugir ou pelo menos se preparar melhor para problemas.

1. Famílias de nuvens

Temos basicamente três tipos de nuvens – os Cirrus, os Cumulus e os Stratus. Esses três tipos de nuvens ainda podem ganhar a classificação de “nimbus” ou “altos” e apresentar sub-tipos, ou espécies.

2. Nuvens altas – acima de 6 mil metros de altitude

Temos três tipos de nuvens na família de nuvens altas. São os Cirrus (Ci), os Cirruscumulus (Cc) e os Cirrusstratus (Cs). Essas nuvens podem apresentar sub-tipos, mas não abordarei eles aqui para não deixar o texto muito longo ou muito confuso.

2.1. Cirrus (Ci)

Em latim a palavra “cirrus” significa “cachos de cabelo”. Esse tipo de nuvem se forma em regiões de altitude elevada, em torno dos 6 mil ou 7 mil metros. Apresentam uma forma delicada, suave, bem plástica. Essas nuvens indicam aproximação de chuvas.

Forma: suave, delicada, plástica
Altitude: acima dos 6 mil metros
Significado: anunciam a aproximação de chuvas

Cirrus

Cirrus

Cirrus

2.2. Cirrucumulus (Cc)

Assim como os Cirrus, os Cirrucumulus também estão em uma faixa de altitude elevada, variam dos 6 mil aos 12 mil metros de altitude. A forma das nuvens Cirrucumulus lembraria um amontoado de pequenas nuvens. Indicam que pode acontecer chuva eventualmente, pequenos chuviscos em breve.

Forma: suave, lembra um amontoado de nuvens pequenas.
Altitude: acima dos 6 mil metros
Significado: em alguns casos indicam chuva leve – chuviscos – em breve

Cirrocumulus

Cirruscumulus2

2.2. Cirrustratus (Cs)

São nuvens muito suaves, uniformes e localizadas acima dos 6 mil metros de altitude. São responsáveis por produzir o efeito de “halo” que vemos ao olhar em direção ao sol. Não são nuvens de chuva, mas costumam indicar a aproximação de chuvas.

Forma: muito fina, suave, lembra um véu, uma camada muito fina.
Altitude: acima dos 6 mil metros
Significado: assim como os outros tipos de Cirrus, o cirrustratus também pode indicar a chegada de chuva em breve

Cirrustratus

3. Nuvens médias – de 2 mil até 6 mil metros de altitude

Temos dois tipos de nuvens nesta família, as Altocumulus (Ac) e as Altostratus (As). Nesta família as nuvens podem indicar a aparição de trovoadas no final do dia ou chuviscos leves.

3.1. Altocumulus (Ac)

As altocumulus lembram o amontoado de nuvens dos Cirrucumulus, porém elas estão em altitudes mais baixas e são mais encorpadas que os Curricumulus, ainda assim visualmente são bem parecidas. Em algumas situações específicas os altocumulus são bem úteis – em manhãs quentes e úmidas do verão essas nuvens podem indicar que no final do dia teremos trovoadas e pancadas de chuva.

Forma: semelhante ao amontoado de nuvens dos cirrucumulus, mas no altocumulus as nuvens são maiores e podem apresentar tons acinzentados.
Altitude: entre 2 mil e 6 mil metros
Significado: não são nuvens de chuva mas podem indicar a chegada de trovoadas e pancadas de chuva no final do dia – principalmente quando são vistas no verão em locais úmidos e quentes.

Altocumulus

altocumulus (1)

3.2. Altostratus (As)

Assim como os Cirrustratus essa formação também possui a característica visual semelhante a um véu, contudo, os altostratos são véus mais densos, baixos e escuros que os cirrustratus. Os altostratus podem apresentar leves chuvas de curta duração. Quando falamos que um dia está nublado, em muitos casos estamos falando de dias com nuvens altostratus.

Forma: semelhante ao véu dos cirrustratus, porém os altostratus são mais densos, baixos e escuros – acinzentados.
Altitude: entre 2 mil e 6 mil metros
Significado: podem apresentar uma leve chuva por um período curto de tempo

altostratus

altostratus

No próximo texto desta série eu falarei sobre as nuvens mais baixas e sobre as nuvens de grande desenvolvimento vertical, ou cumulusnimbus – que são os principais responsáveis pelas chuvas e tempestades mais fortes.

Bons ventos!


Leia também

Escolhendo a mochila certa

Escolher uma mochila certa pode fazer com que você economize dinheiro no futuro e que evite problemas durante a atividade

Fogareiros básicos – escolha o seu

Esse texto veio da vontade de comentar mais um equipamento relacionado com atividades outdoor e para tirar da cabeça de

Conheça as tecnologias das meias da Lorpen

Não adianta ter a melhor bota ou tênis do mercado se você usar uma meia inapropriada, isso por que meias

Mario Nery

Mario Nery

Trekker, montanhista e mochileiro, pratica esportes outdoor desde 1990. Apaixonado por equipamentos, fotografia, cerveja e tecnologia. Formado em TI, atualmente trabalha na área mídias sociais/marketing digital. Siga o Trekking Brasil no Twitter: @trekking


10 comentários

Deixe sua opinião
  1. ACES
    ACES 22 agosto, 2010, 21:42

    Muito importante ter conhecimento destas formações.

    Responda este comentário
  2. Fabi
    Fabi 6 setembro, 2010, 19:05

    Muito legal este post!!!

    Responda este comentário
  3. julia
    julia 5 outubro, 2010, 12:23

    esse e um trabalho muito legal nuvens

    Responda este comentário
  4. Peter Tofte
    Peter Tofte 6 novembro, 2010, 22:02

    Artigo utilíssimo, especialmente para quem anda na montanha! Tomara que saia logo a segunda parte. Muito didático e bem ilustrado.

    Peter

    Responda este comentário
  5. LiCo
    LiCo 4 dezembro, 2010, 21:21

    Também no aguardo da segunda parte.

    Responda este comentário
  6. Mario Nery
    Mario Nery 4 dezembro, 2010, 22:06

    Pode deixar que eu não esqueci da segunda parte!! Tem mais dois tipos de nuvens para comentar, como estamos com alguns reviews para gravar estou dando prioridade a isso, mas em breve teremos a continuação!

    Responda este comentário
  7. Sabrina
    Sabrina 18 dezembro, 2010, 17:10

    Amo previsão do tempo “baseado nas nuvens”. Sou totalmente leiga no assunto, mas vivo tentando advinhar o que as nuvens significam.

    Muito legal seu blog. Parabéns!

    Responda este comentário
  8. athayana
    athayana 21 setembro, 2011, 19:21

    eu achei muito importante por q tem falando sobre as nuves

    Responda este comentário

Deixe a sua opinião