RSSFacebookTwitter YouTubeInstagramPinterest





Review da X-Pot, a panela dobrável da Sea to Summit!

Review of: X-Pot
Product by:
Mario Nery

Reviewed by:
Rating:
4
On 2 junho, 2015
Last modified:10 Janeiro, 2018

Summary:

Avaliamos a X-Pot da Sea To Summit, marca australiana que desenvolve alguns produtos incríveis para camping e viagens. Esta panela é feita em silicone e alumínio, veja como ela se saiu nos testes!

Alguns equipamentos se destacam por ocupar espaço na mochila, dentre eles podemos citar as panelas. Por mais que seja possível colocar itens dentro da panela, como é comum acontecer com o fogareiro, nem sempre o formato da panela ajuda na otimização do espaço interno da mochila, sem falar que em alguns casos os objetos ficam se batendo dentro da panela e você anda parecendo uma vaca com um sino no pescoço, daquelas dos desenhos animados. Há alguns anos a Sea To Summit trouxe para o Brasil uma linha de utensílios de cozinha colapsáveis, a X-Series. Uma das características mais interessantes desses itens é que eles podem ser dobrados e colocados uns dentro dos outros, ocupando um espaço muito menor dentro da mochila. Para completar esta família a marca australiana lançou recentemente a linha X-Pot de panelas colapsáveis! Nós recebemos uma panela de 2.8 litros desta linha, e o resultado você confere nesta avaliação da X-Pot.

panela dobrável

X-Pot aberta

X-Pot Sea to Summit

A panela fechada fica com cerca de 3,5 cm de altura

Características da X-Pot 2,8 litros

A panela é algo realmente incrível, a Sea To Summit pensou em diversos pontos chave para que o equipamento ficasse ainda mais funcional. A construção dela é feita em um tipo de silicone que suporta altas temperaturas, contudo, a parte lateral da panela não pode ter contato direto com o fogo, o que pede um certo cuidado ao regular a intensidade da chama no seu fogareiro. Já o fundo em alumínio anodizado é espaçoso e funcionou muito bem em um fogareiro compacto que costumamos usar. Na boca da panela o fabricante adicionou um aro de aço por dentro do silicone, fazendo com que a borda permaneça estável mesmo com a panela aberta e cheia. No interior a X-Pot possui marcações em litros e xícaras, o que facilita a vida de quem precisa disso ao cozinhar.

X-Pot

Marcação de volume no interior

X-Pot

Fundo de alumínio, a linha branca demarca a área de segurança para chamas

A tampa é a parte que mais chama atenção na X-Pot, principalmente pelos cuidados no projeto, o que deu uma boa funcionalidade para esta parte. A panela é totalmente livre de BPA e a tampa possui três detalhes interessantes:

1. As alças podem ser dobradas e encaixadas em duas travas na tampa para facilitar o escorrimento da água da sua comida;
2. Justamente pensando em simplificar a tarefa de escorrer a água existem furos em um dos lados da tampa. Após travar as alças o usuário consegue virar a panela com segurança sem queimar os dedos e sem deixar a tampa abrir, facilitando muito a retirada da água que sai perfeitamente;
3. O pegador central da tampa é feito em silicone também, assim ele não esquenta mesmo quando o conteúdo da X-Pot está fervendo.

Panela dobrável

A tampa da X-Pot foi feita para facilitar o escorrimento da água de preparo dos alimentos

Como os itens da linha X-Series que já existiam por aqui, a X-Pot também permite que você coloque outros objetos colapsáveis dentro dela, melhorando ainda mais o ganho de espaço na sua mochila. O modelo de 2,8 litros que testamos permite que você leve 2 X-Bowl (tigelas) e 2 X-Mug (canecas) dentro dela. Com isso quem usar a X-Pot junto com outros itens da linha X-Series conseguirá otimizar o espaço na mochila que seria ocupado por uma panela de 2 litros, dois pratos e duas canecas comuns! Um detalhe, esta mesma X-Pot de 2.8 litros levou este ano (2015) o selo de “Escolha do Editor” da revista americana “Backpacker Magazine“.

panela da Sea to Summit

A X-Pot com outros itens da X-Series dentro

O peso e as medidas

Segundo o fabricante a X-Pot 2.8 litros pesa 325 gramas, já nos nossos testes a balança registrou 343 gramas. Outro detalhe que vale a pena citar é que a capacidade máxima de água no modelo que testamos é de 2 litros segundo a linha de segurança que se encontra no interior da panela. Isso ajuda o usuário evitando que ele faça alguma besteira ao enche-la demais.

As medidas deste modelo são: 21.34cm (diâmetro da boca) x 11.5cm (altura da panela aberta) x 16cm (diâmento do fundo). Altura da panela fechada: 3.5 cm, aproximadamente.

peso X-Pot

No nosso teste a X-Pot marcou 343 gramas

Os testes

Testamos a X-Pot mais de uma vez, ela enfrentou de primeira um macarrão com sardinha e molho de tomate. Depois deste uso – que foi durante o almoço em uma trilha – testamos ela mais duas vezes em casa, uma com macarrão normal e outra com um risoto. Entre o primeiro e o segundo uso nós lavamos a panela duas vezes, uma vez rapidamente após inaugurá-la na trilha e uma segunda vez em casa com um pouco mais de cuidado.

Três coisas merecem comentários: a panela reteve um pouco do cheiro da sardinha usada no primeiro teste, porém depois de lavada o cheiro ficou bem fraco, mas ainda assim existia. Fomos para o segundo teste com a intenção de saber se o cheiro iria passar para o alimento. Depois de pronto o segundo macarrão não apresentou nenhum gosto da sardinha usada no primeiro teste. Outro detalhe importante é que ao usar as alças para travar a tampa o usuário deve ter cuidado para não colocar muita força para baixo evitando que a panela feche sem querer, isso requer um pouco de atenção nos primeiros usos, mas rapidamente a pessoa se acostuma. O fundo poderia ser revestido com um material antiaderente na parte interna, isso ajudaria bastante na hora de limpar a X-Pot, quem sabe um item a ser levado em conta na evolução do produto.

X-Pot Sea to Summit

Durante o primeiro uso em uma trilha.

Em todos os testes ela esteve sobre um fogareiro compacto como é possível ver nas fotos e no vídeo a seguir. Aqui cabe um alerta: não use a X-Pot em fogueiras, já que a chance das chamas atingirem as laterais da panela é muito grande. Aliás, preferencialmente, não faça fogueiras.

Panela de camping

Espaço suficiente do fundo da panela em relação ao fogareiro.

Vale falar também que ao terminar de cozinhar é melhor manusear a panela com ela fora do fogareiro, principalmente quando for travar a tampa. Isso evita alguns possíveis acidentes com a panela cheia de água quente sobre um fogareiro ainda quente.

Vídeo review da X-Pot

Avaliação da X-Pot 2.8 litros

  • Produto: X-Pot, panela dobrável em silicone e alumínio anodizado
  • Uso: camping, trekkings longos, cicloturismo e qualquer outra situação onde uma panela compacta possa se sair melhor.
  • Fabricante: Sea To Summit (Austrália)
  • Site da Marca/Representante: www.seatosummit.com.br
  • Peso: 325 gramas segundo o fabricante | 343 gramas segundo nosso teste
  • Tamanho: 21.34cm (diâmetro da boca) x 11.5cm (altura da panela aberta) x 16cm (diâmento do fundo). Altura da panela fechada: 3.5 cm, aproximadamente.
  • Capacidade: 2.8 litros

Pontos positivos e negativos

  • Pontos positivos: boa relação entre volume e peso, atende mais de uma pessoa no camping, permite levar 2 X-Bowl e 2 X-Mug dentro da panela quando ela está fechada, não foi difícil de limpar, a tampa é funcional na hora de escorrer a água da panela e o fundo serve bem na maioria dos fogareiros mais comuns de camping.
  • Pontos negativos: é preciso ter um pouco de cuidado ao fechar as alças da panela com ela cheia e a X-Pot reteve um pouco do cheiro do alimento usado no primeiro teste mas após lavada ela não passou cheiro ou gosto para a segunda refeição feita. Faltou um fundo antiaderente, o que facilitaria a limpeza ainda mais.

Comentários finais

A X-Pot impressiona pela funcionalidade e pela capacidadde de poupar espaço na mochila de quem a utiliza, principalmente se for em conjunto com os outros itens colapsáveis da própria Sea To Summit que podem ser armazenados dentro da panela. Eu costumava acampar com uma panela de apenas 500ml de capacidade e isso me limitava bastante na hora de cozinhar, e além disso eu transportava ainda um prato comum de alumínio e um X-Mug. Com a X-Pot eu abandonei o prato comum trocando-o por um X-Bowl que vai dentro da panela junto com meu X-Mug.

Para comprar a X-Pot 2.8 litros:

Explicando a pontuação:

Alguns itens perderam um ponto, são eles:

– Materiais: perde um ponto por causa da leve retenção de cheiro que aconteceu no primeiro uso, mas que não afetou os usos posteriores.
– Acabamento: perdeu um ponto pela ausência de um fundo antiaderente no interior da panela, isso ajudaria no momento da limpeza.
– Facilidade de uso: a perda de um ponto se deve ao fato de que é preciso ter cuidado no fechamento da tampa usando as alças para trava-la, sem prática ou com força demais o usuário pode fechar a X-Pot sem querer.
– Resistência: a panela em si é excelente, a perda de um ponto se deve ao cuidado que o usuário deve ter para evitar que o fogo encoste na lateral de silicone dela.
– Peso: a perda de um ponto se deve ao fato de que a X-Pot é relativamente pesada se comparada com outras panelas similares feitas de metais mais leves, porém ela é bem mais compacta, o que garante os 5 pontos no item “Volume na Mochila”.

Concluindo: usando a X-Pot com cuidado e fazendo a manutenção correta da panela ela passa a ser uma grande opção para quem deseja ganhar espaço na mochila ou no alforge da bike (onde ela será perfeita na nossa opinião). O volume da panela testada aqui atende perfeitamente o preparo de uma refeição para até 3 ou 4 pessoas. Nós não a indicaríamos para quem vai acampar sozinho e precisa de uma panela pequena apenas para esquentar água e preparar comidas liofilizadas/desidratadas, neste caso uma panela de alumínio ou titânio com volume menor poderia se sair melhor na relação “peso x necessidade do usuário”. De resto é um excelente equipamento!

Materiais
16no total de 5
Facilidade de uso
16no total de 5
Acabamento
16no total de 5
Resistência
16no total de 5
Multiuso
20no total de 5
Peso
16no total de 5
Volume na mochila
20no total de 5

4.38

4.38 no total de 5
no total de 5 pontos

Leia também

Barraca Everest 1 da Guepardo

A Everest 1 é uma das mais novas barracas da Guepardo. Fechada e bem dobrada a Everest se mostra uma

Mochila Crampon 23 – Trilhas & Rumos

A mochila Crampon 23 é ideal para caminhadas curtas, dia a dia (trabalho, academia e etc). Feita em nylon ripstop

Adventure Sports Fair 2016

Este ano aconteceu mais uma edição da Adventure Sports Fair. O evento foi realizado em São Paulo entre os dias

Mario Nery

Mario Nery

Trekker, montanhista e mochileiro, pratica esportes outdoor desde 1990. Apaixonado por equipamentos, fotografia, cerveja e tecnologia. Formado em TI, atualmente trabalha na área mídias sociais/marketing digital. Siga o Trekking Brasil no Twitter: @trekking


13 comentários

Deixe sua opinião
  1. Gisely Bohrer
    Gisely Bohrer 2 junho, 2015, 17:17

    Meu sonho de consumo :)

    Responda este comentário
  2. Carol Emboava
    Carol Emboava 2 junho, 2015, 17:31

    Mermão, adorei essa panela! Ó o #giramerica aí hein, hahaha!

    Responda este comentário
    • Mario Nery
      Mario Nery 2 junho, 2015, 17:36

      Mermaõooo, rsrsrsrs, pensei nela no alforge da bike, mão na roda se tu tiver os outros itens colapsáveis e colocar tudo junto. :D

      Responda este comentário
  3. ViNi MiCoRRizA
    ViNi MiCoRRizA 2 junho, 2015, 23:21

    pow, que bom saber que está finalmente vindo pro Brasil, ja tenho 2 x-mug, 1 x-bowl e 1 xl-bowl (um pouquinho maior que a x-bowl )e tava muito afim de comprar essa panela, já tava até pensando em importar, mas agora sabendo que tá vindo pro Brasil vou esperar um pouco mais!
    uma pena que, pelo jeito, a XL-bowl não cabe dentro dela tb =/

    Responda este comentário
  4. Getulio Rainer Vogetta
    Getulio Rainer Vogetta 18 junho, 2015, 02:21

    Salve Mario!
    Realmente um produto interessante. A Sea to Summit é ótima com esta sacada dos colapsáveis, que já uso há alguns anos (X-Bowl e X-Cup).
    Confesso que em relação à panela avaliada – X-Pot, fico receoso em relação ao manuseio dela, por exemplo, ao virar uma água de macarrão ao escorrer a massa…
    Percebeu alguma possibilidade da panela se fechar durante o manuseio, especialmente cozinhando, ao mexer o alimento?
    E a durabilidade? Será que aguenta o tranco de vários e intensos usos? Em reviews gringos recentes, usuários com 5-6 meses lá fora reclamam de rachaduras no material da tampa e de problemas na junção entre o fundo de alumínio e as laterais. Seria ótimo postar uma atualização deste review daqui a alguns meses sobre isso.
    Grande abraço!

    Responda este comentário
    • Mario Nery
      Mario Nery 18 junho, 2015, 10:27

      Salve Getulio!
      Então, quanto ao manuseio sem problema algum, cozinhando muito menos. O usuário só deve ficar atento ao fechar as alças na horas de escorrer, porém é possível escorrer sem fecha-las também, bastando segurar a tampa com os polegares no mesmo local onde a alça fecha. Já na questão do desgaste aí só posso lhe falar com o uso mesmo, ela está comigo tem cerca de 2 meses e por enquanto sem problemas, mas me manda depois os links desses reviews lá de fora para eu dar uma olhada! Ela será minha panela oficial por aqui então com certeza depois de algum tempo poderei dizer se tivemos mudanças em algo! Abraços!

      Responda este comentário
  5. Luiz Otávio Rosário
    Luiz Otávio Rosário 11 outubro, 2015, 13:29

    olá, excelente a panela do ponto de vista da praticidade. E agora, passado um tempo, a panela manteve suas qualidades?
    E uma perguntinha pessoal, e aquela cuia de mate junto da cafeteira e da térmica? Também gosta de um amargo?

    Responda este comentário
    • Mario Nery
      Mario Nery 12 outubro, 2015, 15:41

      Tudo 100% até agora Luiz. Sim, eu bebo um chimas eventualmente! Até por que minha namorada é gaúcha então… Aquela cuia lá é minha mesmo. Abraços!

      Responda este comentário
  6. Leonel
    Leonel 7 julho, 2017, 08:49

    DÚVIDAS – alguém saberia informar se a X-pot de 1,4L (versão menor) é suficiente para duas pessoas? E se é possível armazenar x-bowls e x-mugs nessa versão?

    Responda este comentário
    • Mario Nery
      Mario NeryAuthor 7 julho, 2017, 09:19

      Oi Leonel, sim é possível colocar o X-Mug e o Bowl dentro da panela de 1.4. Na minha opinião ela serve bem para duas pessoas, além de ser mais leve e menos volumosa para transportar. Neste modelos de 2.8 nós chegamos a fazer arroz para 5 pessoas já, portanto não vejo nenhum problema em cozinhar para dias pessoas no modelo de 1.4L. Abs!

      Responda este comentário

Deixe a sua opinião