RSSFacebookTwitter YouTubeInstagramPinterest





Travessia Lapinha-Tabuleiro em Minas Gerais

Com os feriados de Tiradentes e Paixão de Cristo se aproximando, não poderia faltar uma boa aventura.
Inicialmente, o planejamento seria realizar uma expedição pela Serra da Canastra, mas semanas antes do feriado, recebi um convite do meu amigo Luciano para realizar a Travessia Lapinha – Tabuleiro.

A Travessia Lapinha – Tabuleiro é uma clássica travessia de Minas Gerais, realizada em 3 dias, entre o distrito de Lapinha da Serra, pertencente a Santana do Riacho e o distrito de Tabuleiro, pertencente a Conceição do Mato Dentro.

Como esta travessia já estava nos planos há algum tempo e faltava uma oportunidade, não restaram dúvidas, a Travessia Lapinha – Tabuleiro seria a aventura para o feriado. Com isso, eu, a Naiara e o Luiz Henrique, nos juntamos ao Luciano, Dani, Brenda e Tetê para realizar esta travessia.

Depois de semanas de planejamento e logística concluída, chegou o grande dia.

1º Dia – Travessia da Serra do Breu

Saímos de Belo Horizonte em dois carros, no dia 21/04 às 07:00 com destino a Lapinha da Serra.
O acesso de BH até a Lapinha da Serra é feito pela MG-010, percorrendo cerca de 100 km até a cidade de Serra do Cipó. Após chegar a Serra do Cipó, percorre-se mais 44 km por estrada de terra passando pela cidade de Santana do Riacho até chegar a Lapinha da Serra. Chegamos às 11:30 e após verificarmos os últimos detalhes começamos o nosso trekking por volta das 12:30.

travessia lapinha tabuleiro

Neste primeiro dia o objetivo seria atravessar a Serra do Breu e acamparmos na Casa da Dona Ana Benta, local que normalmente é utilizado como primeiro camping para a travessia de 3 dias.

Inicialmente a trilha é bem leve, plana e com algumas travessias de riachos. No nosso grupo, todos estavam realizando esta travessia pela primeira vez e estávamos nos orientando apenas com mapas impressos, então a nossa maior preocupação era com relação à trilha correta.

Após algumas horas de caminhada, encontramos um morador que nos informou que havíamos passado a entrada da trilha para Tabuleiro. Voltamos cerca de 1 hora e logo encontramos a trilha correta. Neste trecho de subida da Serra do Breu a trilha se torna bastante íngreme e técnica. Do alto da Serra do Breu pudemos observar um visual fascinante da lagoa da Lapinha.

travessia lapinha tabuleiro

Após atravessarmos a Serra do Breu, começarmos a descida pelo lado oeste. O visual é mais fascinante ainda. Sem nenhum sinal de civilização, a sensação é de estar entrando em um mundo desconhecido.

travessia lapinha

Às 17:00 o sol já começava a se esconder e ainda estávamos bem distante do local do primeiro camping. Caminhamos até às 18:00 mas, com o cair da noite, optamos por pernoitar no local onde estávamos e continuarmos o trekking no dia seguinte pela manhã. Acampamos próximos a um riacho juntamente com outros grupos que também optaram por não continuar a trilha durante a noite. Neste primeiro dia, eliminando o trecho que erramos, o trajeto percorrido foi de aproximadamente 7,5 km entre a Lapinha da Serra e o local do primeiro camping.

Travessia lapinha tabuleiro trilha mapa

2º Dia – Travessia da Serra do Intendente

Às 02:00 a chuva chegou com força. Choveu durante toda a madrugada. Por volta das 09:00 a chuva deu uma trégua, mas o tempo ainda continuava bastante nublado. Optamos por levantar acampamento e começarmos a caminhada, pois neste dia precisaríamos percorrer o trecho até a Casa da Dona Ana Benta e logo após continuaríamos para a Casa da Dona Maria, local do segundo camping.

Durante a trilha pudemos observar o Pico do Breu todo coberto por nuvens.

travessia lapinha tabuleiro

Às 12:00 chegamos a Casa da Dona Ana Benta, local o qual deveria ter sido nosso camping no dia anterior.
Fizemos uma parada para lanche e aproveitamos para conversar um pouco com esta senhora que a muitos anos vive sozinha nesta região isolada da Serra do Breu. Após esta parada, continuamos nosso trekking com destino a Casa da Dona Maria. Para chegar até lá é preciso atravessar a Serra do Intendente. O visual da trilha a caminho da Serra do Intendente é compensador.

trilha caminhada

Do alto da Serra do Intendente, a vista é sensacional. É possível observar grande parte da trilha percorrida, bem como a Serra do Breu, com todos os seus picos e o imponente Pico do Breu, com 1.687 metros de altitude.

serra do espinhaço travessia lapinha

Ás 17:00, após 9,5 km de caminhada chegamos a Casa da Dona Maria. Lá é possível jantar e tomar banho quente a preços simbólicos. Quando chegamos, encontramos dezenas de barracas de vários outros grupos. Em feriados a quantidade de aventureiros realizando esta travessia é muito grande. Nesta noite ficamos na fila do banho cerca de 2 horas, mas nem notamos, pois estávamos aos pés do fogão a lenha e conversando bastante com o “Seu Zé”, marido da Dona Maria.

travessia lapinha percurso segundo dia

3º Dia – Chegada na Cachoeira do Tabuleiro

Neste dia, às 07:00 a neblina estava muito densa, com visibilidade mínima. Esperamos a mesma se dissipar e às 08:30 já estávamos levantando acampamento.
Da Casa da Dona Maria, partem duas trilhas, uma para a parte alta da Cachoeira do Tabuleiro e outra para a parte baixa da cachoeira. Neste dia, como nosso resgate chegaria às 14:00 optamos por ir direto para a parte baixa da cachoeira. A trilha para a parte baixa é de aproximadamente 5 km de descida até a portaria do parque. O visual é uma atração a parte.

travessia lapinha tabuleiro

Da portaria do parque já é possível observar a Cachoeira do Tabuleiro.

cachoeira do tabuleiro

A Cachoeira do Tabuleiro é a terceira maior do Brasil, com 273 metros de altura, e está localizada no Parque Municipal Ribeirão do Campo.

cachoeira do tabuleiro travessia lapinha

Da portaria do parque até a base da cachoeira são 2 km de trilha íngreme, escorregadia e bastante difícil.
Deixamos as mochilas na portaria do parque e partimos rumo à cachoeira. Ao alcançar o rio, é preciso ir pulando de pedras em pedras para se chegar até a queda. Depois de chegarmos até a cachoeira e apreciarmos um visual espetacular, retornamos a portaria do parque e de lá seguimos de volta para Belo Horizonte.

travessia lapinha tabuleiro percurso terceiro dia

Informações sobre a Travessia Lapinha-Tabuleiro:

– Distância total: 26 km.
– Localização: Lapinha da Serra – Santana do Riacho-MG e Tabuleiro – Conceição do Mato Dentro-MG.
– Locais para camping: Casa da Dona Ana Benta e Casa da Dona Maria.


Leia também

Praias Desertas de Guaratiba

Mais um feriado e mais uma oportunidade de alguma aventura em algum lugar. Destino dessa vez: Praias desertas de Guaratiba,

Pico do Corcovado – Ubatuba

Texto e fotos:  Well Bericat http://espiritolivremontanhismo.blogspot.com/ “Depois de vários feriados e fim se semanas trabalhando direto estava precisando me desligar

Uma viagem ao Peru – mochilando até Machu Picchu

Texto por Sandro Mackenzie – Fortaleza – CE Fala Galera!!! No dia 17 de julho de 2012 saímos (Eu e

Jose Henrique A. Fonseca

Jose Henrique A. Fonseca


21 comentários

Deixe sua opinião
  1. Edgar
    Edgar 21 Maio, 2011, 22:52

    Excelente texto José Henrique.

    Esta travessia está na lista, bom ter mais um relato bacana para empolgar.

    Abs

    Responda este comentário
  2. José Henrique Amormino Fonseca
    José Henrique Amormino Fonseca 2 junho, 2011, 11:33

    Obrigado Edgar!

    Realmente é uma travessia bem legal.
    Se precisar de qualquer informação ou dica sobre lá é só me avisar!

    Abraço

    Responda este comentário
    • Isabel
      Isabel 1 setembro, 2017, 21:44

      Olá,
      Não estou conseguindo contato de ninguém para fazer o translado entre tabuleiro e lapinha, ao final da trilha. Você tem o contato de alguém que poderia me passar?

      Responda este comentário
  3. Tay
    Tay 20 junho, 2011, 02:11

    A Serra do Cipó já é o paraiso por si só..
    Imagina as vistas que não conhecemos..

    Parabéns..

    Responda este comentário
  4. R E D
    R E D 15 julho, 2011, 16:07

    A travessia é maravilhosa, mas vale a pena ir visitar a parte de cima do Tabuleiro … não tem preço para tanta beleza.

    Responda este comentário
  5. Clayton
    Clayton 19 julho, 2011, 18:34

    Muito boa esta trilha, eu e meus amigos estamos se preparando para essa aventura. Estamos marcando o dia para que possamos ir, já fizemos alguns camping rusticos e queremos fazer uma dessa um pouco mais comprida e longe da civilização, só para curtir a natureza e a paz.

    Queremos entrar em contato com o pessoal que participa de camping

    Responda este comentário
  6. Nilson Soares
    Nilson Soares 12 agosto, 2011, 20:00

    Irmãozinho,

    Esse lugar vou ter que conhecer ainda nesta vida, poderia me dar umas dicas? Tipo como contatar essas tiazinhas que cedem as casas como abrigo, lance de resgate, translado no final da travessia, melhor época do ano para se ir, se é indispensável guia.

    Grande abraço e parabéns,

    Nilson Soares

    Responda este comentário
  7. Gil
    Gil 10 Abril, 2012, 12:08

    Fiz essa trilha, eu mais 2, foi muito louco porque fizemos o caminho contrário, ou seja, enquanto vocês desciam o morro de tabuleiro, nós estávamos subindo.
    A Ana Benta já está muito famosa na região, é um barato parar lá e comer alguma coisa, belo relato.

    Responda este comentário
  8. Getulio R. Vogetta
    Getulio R. Vogetta 12 setembro, 2012, 17:23

    Beleza de Travessia pessoal!

    A Serra do Tabuleiro reserva grandes visuais. Creio até que é uma das mais bonitas do Brasil. Parabéns!
    Grande abraço!

    Responda este comentário
  9. Paulo Penna
    Paulo Penna 14 julho, 2013, 00:53

    A meta agora é fazer em trail running, correndo, ida e volta de enfiada. Vamos ver o que que acontece.

    Responda este comentário
  10. Leandro Oliveira
    Leandro Oliveira 9 junho, 2016, 01:29

    os mapas q usaram são esses de satélite? ou tem outro? se tem onde posso conseguir?

    Responda este comentário
  11. Vinicius
    Vinicius 5 dezembro, 2016, 13:06

    Queria muito fazer essa travessia, mas não tenho gps e essas coisas. E um guia é extremamente caro.

    Responda este comentário
  12. Humberto Guerra
    Humberto Guerra 3 Maio, 2017, 15:49

    Pessoal, bacana o relato, mas há uma informação a corrigir. O Pico do Breu não chega a ser o ponto culminante do Espinhaço, título que pertence ao Pico do Sol, no Caraça. Aqui há um bom apanhado:
    http://www.serradoespinhaco.com.br/destaque?cod_destaque=181
    Abraços!

    Responda este comentário
  13. Samuel Cachoeira Tabuleiro
    Samuel Cachoeira Tabuleiro 22 Maio, 2017, 20:11

    Gratidão Mario e Jose por divulgar as cachoeiras gigantes do Brasil, Minas Gerais e a cachoeira do coração Tabuleiro.
    Sou Samuel guia e proprietário da Pousada da Gameleira.
    Será um grande prazer receber e guiar voces pela cachoeira do Tabuleiro, sitio arqueológico e outras 70 cachoeiras na região, maravilhas do nosso quintal, compartilhando energias e vivencias espirituais, reforçando o encontro da vida na natureza e nossa arvore gameleira com 458 anos.
    Paz luz felicidades.
    Inté namaste!
    Samuel ace
    reserva@pousadadagameleira.com.br
    31-99263-2968 whatsapp

    Responda este comentário
  14. Lucas
    Lucas 23 Maio, 2017, 14:42

    Pretendo fazer a trilha Tabuleiro-Lapinha, no próximo dia 15/jun, só até a entrada do parque, sem ir na cachoeira de Tabuleiro e gostaria de saber se você tem o arquivo Tracklog desta trilha para GPS Garmin. Ficaria muito grato se pudesse me enviar o mesmo

    Responda este comentário
  15. wellington Ribeiro
    wellington Ribeiro 17 julho, 2017, 22:40

    ola pessoal estou lendo os relatos e vendo as fotos de vcs estou aqui viajando nisso aqui cara …eu e meu amigo Sena meu parceiro de aventuras ,embora somos mais acostumados a fazer rafting….estamos projetando fazer essa travessia lapinha /tabuleiro em outubro valeu ai pessoal pelas dicas..

    Responda este comentário

Deixe a sua opinião