RSSFacebookTwitter YouTubeInstagramPinterest





Trekking noturno no Morro do Spitzkopf – Blumenau – SC

Texto e fotos – Juliano Sant’Ana, do KOT – Keep on Trekking.

Santa Catarina é um estado privilegiado em turismo de aventura e aqui mesmo, no “quintal” de casa em Blumenau, temos um morro muito especial para os amantes da natureza e especialmente da prática de trekking e montanhismo. Lá de cima é possível ver a cidade de Blumenau, Gaspar e outras da região do Vale do Itajaí. Em dias de céu absolutamente limpo, pode-se ter a sorte de ver o litoral que fica a aproximadamente 70km de Blumenau.

O Morro do Spitzkopf tem 936m de altitude e aproximadamente 5,2km de extensão, totalizando 10,4km entre ida e volta. Fica dentro do Parque Ecológico Spitzkopf e este é composto por trilhas, cascatas e chalés. A subida ao topo é relativamente simples até 1/3 da trilha, pois é formada por estrada de chão. Existem poucas casas nos primeiros 30% da subida, então é possível ter acesso de carro, porém daí para cima a trilha fecha e seu terreno é bem acidentado, mas tem acesso fácil, pois não há bifurcações que possam confundir a chegada até o topo. Para conferir detalhes de como realizar esta trilha, basta acessar http://pt.wikiloc.com/wikiloc/view.do?id=2914875

Então, seguindo nosso roteiro de treinamento para as expedições de Huayana Potosi na Bolívia e Aconcágua na Argentina, neste último final de semana resolvemos partir para esta aventura durante a madrugada. A temperatura estava relativamente fria, porém agradável com aproximadamente 13o. Saímos por volta das 4h30 do centro da cidade sentido ao Parque e iniciamos a subida ás 5h00. Chegamos ao topo ás 6h46. Realizamos um bom tempo de subida. Aventureiros sem muita prática costumam realizar a subida em 3h. Neste caso, conseguimos chegar em 1h46, mas tivemos muita dificuldade neste dia, pois pegamos o solo muito úmido e escorregadio. Com as chuvas em semanas anteriores, a estrada e as trilhas estavam muito, mas muito acidentadas com muitas pedras pelo caminho, em momentos até com árvores caídas sobre a trilha e somando estes fatores, foi extremamente cansativo.

Nosso objetivo além de treinar e fazer um bom tempo de subida, era enfrentar a noite, um pouco de frio e quem sabe com uma dose de sorte, ter o privilégio de ver o nascer do sol que pelas previsões estava programado para surgir as 6h58. Ou seja, chegamos no cume em cima do laço, mas a primeira vista não foi assim tão estimulante.

Mas algo estava planejado para nós. Durante uns 10 minutos uma camada de nuvens começou a contornar o cume da montanha com os ventos e aos poucos o céu foi se abrindo formando uma camada de nuvens encobrindo a cidade, porém mostrando o sol para nós que estávamos num dos pontos mais altos da região do Vale do Itajaí. Foi um momento mágico, principalmente se considerarmos os detalhes de hora de surgimento do sol, da nossa chegada ao cume, do nevoeiro e a aparição do sol somente por 10 minutos justamente quando chegamos por lá. Realmente parecia que foi algo planejado!!

Aproveitamos então este momento, para tomar um café no topo da montanha. Um momento especial junto com amigos e o nascer do sol. Um treino que valeu a pena!!

Passados estes 10 minutos de sol, o nevoeiro voltou e assim, começamos a preparar nosso retorno após algumas fotos para registrar este trekking.

Inclusive nesta aventura, inauguramos nossas Botas Buxton Hi-Tec, cedidas por nosso apoiador Warfare Tatical | Adventure e a própria marca Hi-Tec. Para conhecer mais detalhes sobre esta bota, basta acessar o review aqui mesmo no Trekking Brasil: https://trekkingbrasil.com/bota-buxton-mid-wp-da-hi-tec/

As botas foram impressionantes, até pelas dificuldades que tivemos conforme já relatadas acima. Além de conforto foram muito seguras. É uma bota muito reforçada e com solado muito aderente.

Um breve vídeo que editamos mostra um pouco desta aventura.

Para saber como chegar até o Parque Ecológico Spitzkopf a partir do centro da cidade de Blumenau, basta acessar este mapa.

E para quem não conhece Blumenau, a cidade da Oktoberfest (A maior festa alemã das Américas), basta pegar a BR101 até o trevo de navegantes e seguir sentido Blumenau através da BR 470. Ou acessar o trevo de Itajaí e também seguir sentido Blumenau. De ambos os acessos é possível chegar até Blumenau depois de aproximadamente 55km.

Para conhecer mais sobre o Grupo KOT (Keep on Trekking), basta acessar os link’s abaixo e acompanhar nossas trilhas por Santa Catarina e Paraná. Acompanhe também nosso projeto de preparação rumo ao Huayana Potosi com 6.088m que realizaremos em Novembro deste ano e para o Aconcágua na Argentina, com 6.962 que pretendemos realizar em fevereiro de 2013. Nossas aventuras também serão publicadas aqui no TREKKING BRASIL, então fique sempre ligado!

Abraços!!
Equipe Keep on Trekking (KOT)

www.grupokot.com
www.facebook.com/grupokot


Leia também

Relato: Trilhas na Serra do Cipó

O Início A idéia de realizar uma expedição para a Serra do Cipó começou quando estávamos planejando outra expedição, só

Redwoods National Park

No ano de 2014 os parques da Califórnia completam 150 anos, e vamos escrever um pouco sobre os que visitamos.

Travessia Transmantiqueira

Entre os dias 05 a 19 de agosto deste ano, eu (Luciana Moro), e o Tiago Korb realizaremos a Travessia

Mario Nery

Mario Nery

Trekker, montanhista e mochileiro, pratica esportes outdoor desde 1990. Apaixonado por equipamentos, fotografia, cerveja e tecnologia. Formado em TI, atualmente trabalha na área mídias sociais/marketing digital. Siga o Trekking Brasil no Twitter: @trekking


Sem comentários

Deixe sua opinião
Opa! Sem comentários ainda!Seja o primeiro a comentar este artigo!

Deixe a sua opinião